terça-feira, 25 de novembro de 2008

Brechós

"Muito mais do que simplesmente lojas que vendem roupas usadas, os brechós são verdadeiros baús de surpresas. Alguns são tão abarrotados de coisas que fica difícil escolher as peças; outros, são tão arrumadinhos que nem parecem brechós e ainda há aqueles que são verdadeiras aulas de história da moda.
Garimpar peças legais em brechós não é mais coisa somente de modernos e descolados. As revistas já cansaram de mostrar e usar em seus editoriais de moda, o que ajudou a acabar com a idéia de um lugar cheio de roupas velhas e cheiro de mofo. Aliás, alguns são tão ou mais bem cuidados que muita loja famosa por aí.
Tem brechó para todo gosto, tudo vai depender do seu objetivo, que pode ser desde comprar roupas de marca semi-novas a um bom preço, montar um look de época para uma festa ou mesmo descolar alguma peça incrível e única para matar de inveja suas amigas fashionistas.
Nós visitamos alguns dos melhores brechós de São Paulo e encontramos de tudo, desde roupas quase novas até peças que são verdadeiras relíquias. Como a rotatividade é altíssima, com exceção das peças que são somente para aluguel, não garatimos que as peças mostradas aqui ainda estarão disponíveis nas lojas. De qualquer maneira, coisas legais chegam todos os dias e, por isso, as surpresas não acabam.
Se você não é de São Paulo, dê uma olhada no guia que preparamos com brechós em vários Estados do Brasil. Mesmo que você não goste de nada, vale só pela diversão!!!

DICAS NA HORA DE COMPRAR
- Escolha peças diferentes, daquelas que você não encontra em qualquer loja de departamentos.
- Pense no seu estilo. Não adianta comprar um vestido ultracolorido anos 60 se você não vai ter coragem de usá-lo. A não ser que seja para uma festa à fantasia.
- Preste atenção se não está faltando algum botão ou se a peça apresenta algum defeito. Algumas coisas até dá pra arrumar, mas outras não tem jeito mesmo.
- Se a roupa for muito antiga, veja se o tecido está em bom estado. Detalhes em renda podem estragar na hora da lavagem.
- Verifique se não há manchas ou partes rasgadas. Se você quiser a peça assim mesmo, vale pedir um desconto.
- Não compre nada sem provar antes, pois em geral as lojas não fazem trocas e nem aceitam devolução.
- Ah, e como a rotatividade é alta, se você gostar de alguma peça, compre, pois dificilmente ela permanecerá lá por muito tempo."

Guia de brechós (SP/RJ/BH/POA).


Por Claudia Garcia - Daqui.
Mais brechós aqui.

2 comentários:

andrea disse...

Amei as dicas!

Anônimo disse...

olá como posso entrar em contato com vcs?
meu email é hannainaiah@yahoo.com